Mostrar mensagens com a etiqueta the love project. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta the love project. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 20 de março de 2018

Filha minha não vai ao cabeleireiro fazer unhas!

Nunca verbalizei, mas já pensei nisto quando vi uma miúda de uns 5 anos a arranjar as unhas com a mãe. Já devia ter aprendido que nestas coisas da maternidade a melhor mãe é aquela que não o é. Antes de o ser e antes de passarmos pelas situações, todas somos as maiores. Em chegando o momento, olhamos para trás, deixamo-nos de ideias feitas, de intenções, de regras e regrinhas impostas por nós e pelos outros, e agimos, mudando ou não de opinião. 

A Isabel pediu-me para ir ao "cabeleiro" pintar as unhas da cor da mãe e eu achei uma ideia bem gira. Ia fazer anos e já sabia que ela ia adorar ir comigo arranjar as unhas e cortar o cabelo. Fomos. Caguei nas minhas ideias pré-concebidas e quis deixar a miúda feliz. Uma coisa era se fizessemos disto rotina, tendo ela quatro anos. Nada contra, pode fazer sentido para alguém (e fazer estes programas juntas é ter momentos de mãe e filha e isso só por si já é excelente), mas prefiro ir sozinha, ter um tempinho para mim, que já é bem raro e, por outro lado, acho precoce que uma criança tenha acesso a estes serviços por rotina. Brinquem ao faz de conta em casa e pronto. 

Fomos ao Nela Cabeleireiros, na Amadora, e foi um espetáculo: unhas cor de rosa e brilhantes, cortou a franja e ainda saiu de lá com duas tranças no cabelo. Eu aproveitei e fiz umas madeixas, ela levou a LadyBug que recebeu nos anos e brincou por lá enquanto esperava por mim. Ainda encomendei uma pizza com muito ananás, como ela gosta, e comemos por lá. Uma manhã muito fixe e diferente e ficámos lindonas :) 

Levámos a Joana do The Love Projectque já é família, para registar o momento. Como sempre, adoreeeeei! Obrigada, Joaninha, pela tua paciência e dom natural para crianças (e fotografia,  mas isso é demasiado ÓBVIO).

Há ali um sorriso e um olhar da Isabel para mim que me derrete toda. Que sejamos sempre assim cúmplices!


























Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Já não me doi fazer o bigode!!!!!!!!!!

Quando a maior parte de vocês ler este post já não devem estar publicados os meus stories de ontem em que estive a fazer o buço para quem quisesse ver. Sim, no instagram. Acho que o cansaço está a fazer com que perca (ainda mais) filtros e (ainda mais) noção e nem me questione do que estou a fazer. 

Como escrevi aqui, adorava nunca mais ter buço na vida. Era a minha resolução para 2018 ou a melhor prenda de Natal que poderia ter. E no outro dia a minha sogra - ouvi dizer que apesar de já não estar casada com o filho dela que será "minha sogra" para sempre - aconselhou-me a usar a pomada anestesiante que usei para a Irene não ter dor nas análises ao sangue na zona do buço antes de me depilar.

E sabem que mais? Resultou!!! Há anos!! Há anos que estou em negação relativamente ao bigode central e fazia apenas os cantinhos para não dar aquela cana evidente. Há anos que sempre que alguém me olhava directamente eu fingia tremer de frio para não poderem focar a minha cara ao ponto de ver os pêlos do buço e agora... Estou safa!

Isto para vos recomendar (a cara para xuxu) pomada EMLA que vem com algumas bisnagas e que, a partir de agora, me vai permitir estar toda impecável a nível de moustache. 

Não vou ao cabeleireiro fazer o buço porque digo muitas asneiras e choro muito - tenho vergonha. Agora já está resolviiiidoooo!!

A minha cara de arrependimento depois de me ter exposto daquela forma.
Fotografia: The Love Project.

Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Já é Natal cá em casa!

Luzinhas, árvore na parede, casinhas de cartão, coroas, suportes para velas, vinil no vidro da sala, uma mini-árvore em cartão, um calendário do advento e palavras com aquilo que mais importa nesta época. Dito assim, parece muita coisa, mas acho que as nossas decorações de Natal estão tal e qual o que eu queria: simples, minimalistas, especiais. Desafiei a querida (é mesmo querida!) Filipa da Momentos Com Design a deixar a nossa casa mais bonita e ficou tudo ainda melhor do que eu tinha imaginado. Está acolhedor, mágico. Nesse mesmo dia tive cá amigos a jantar e queriam levar tudo para casa deles. É que nem pensar. Podem encomendar alguns destes elementos na página do Facebook da Filipa e contratá-la para decoração de festas, de eventos: ficam tão bem entregues, palavra!

Para retratar este ambiente, claro que não podia cá faltar a Joana Bandeira do The Love Project, que vai acompanhando o crescimento destas garotas e registando os momentos mais importantes das nossas vidas. Uma excelente prenda de Natal é um voucher com uma sessão The Love Project para oferecer! Fica a sugestão.


Preparados para 30 fotografias, no mínimo, com espírito de Natal? Ho-ho-ho!

Os vestidos deste Natal são da Kolor Kids
  Laços Lemon Hair Lovers

















Só para avisar que eu "estraguei" esta árvore de natal na parede fantástica, pondo-lhe uma gambiarra preta, ok? Mas à noite fica bonito!










Olhem só os fofos.










Sigam-me também aqui: 

a Mãe é que sabe Instagram